Vasco e Avaí se enfrentam por dias melhores

Cruzmaltino busca vitória para ainda sonhar com G4 enquanto Avaí quer se afastar da degola

(Arte: Marianna Esteves)

Vasco e Avaí se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h, em São Januário pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto a equipe de PC Gusmão quer vencer para voltar a sonhar com uma vaga no G4, o time de Santa Catarina quer se afastar do perigo do rebaixamento.

Ainda com alguns desfalques, como Carlos Alberto e Felipe, o treinador cruzmaltino não poderá contar com o atacante Nunes, que pediu para não jogar alegando estar ainda inseguro quanto à forma física. Porém, o time cruzmaltino terá o retorno de Ramon na lateral esquerda, posição que vinha dando dor de cabeça ao comandante.

– Ele sentiu um desconforto no jogo contra o Coritiba, ainda pela Copa da Hora, e na semana da estreia pós-Copa ficou de fora. Volta agora. Todos o conhecem, ele é uma peça fundamental e espero que possa render tudo aquilo que sabemos que pode para que tenhamos uma solução na esquerda, já que temos improvisado muito – disse PC.

Apesar do Avaí está lutando para escapar da zona de rebaixamento, e o Vasco atuar em casa, o treinador sabe que o jogo terá uma dificuldade grande e lembrou partidas contra adversários que também não estava em boa fase:

– Contra o Ceará não foi assim. Eles estavam na nossa frente. Contra o Galo, eles vinham precisando da vitória de qualquer maneira. O Vanderlei lançou todos os jogadores que contratou. Contra o Palmeiras, os dois lados procuraram a vitória durante o jogo e acabou empatado. Não vejo pelo lado de estar em momento bom ou ruim. Temos que levar em consideração as contratações, o fato de contar com todas as opções ou não.

Em queda livre na tabela do Brasileirão, o Avaí tenta retomar o caminho das vitórias contra o Vasco. Para o duelo que marca o reencontro do técnico Antônio Lopes com o o cruzmaltino, clube pelo qual conquistou a Copa Libertadores e o Brasileiro, o treinador avaiano faz mistérios quanto à escalação de sua equipe.

No último treino antes da partida em São Januário, o técnico testou o sistema com três zagueiros, no entanto, não confirmou se o 3-6-1 deve ser adotado em detrimento do 4-4-2, que varia para um 4-5-1, com Sávio responsável por encostar em Vandinho

Lopes alegou que não pretende dar armas a Paulo César Gusmão, comandante do time carioca.

– Não quero que o pessoal do lado contrário tome conhecimento – disse em entrevista ao ‘Clic RBS’.

Mesmo com o cuidado, uma coisa é certa: o meia Valber e o atacante Robinho, contundidos, não jogam no Rio de Janeiro.

Se os desfalques são certos, Lopes, por outro lado, ainda carrega a dúvida de quem será o companheiro de Davi na armação de jogadas do Avaí. As opções são Leandro Bonfim e Caio. Sem confirmar, Lopes deu indícios de que Leandro deve ser o eleio, já que classificou Caio como um jogador com características mais próximas a um atacante.

FICHA TÉCNICA
VASCO X AVAÍ

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 16/9/2010 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Auxiliares: João Antônio Sousa Paulo Neto (DF) e Renato Miguel Vieira (DF)

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Titi e Ramon; Rafael Carioca, Nilton, Fellipe Bastos e Zé Roberto; Éder Luís e Rafael Coelho (Fumagalli). Técnico: Paulo César Gusmão

AVAÍ: Renan; Patric, Rafael, Emerson e Eltinho; Marcinho Guerreiro, Rudnei, Davi e Leandro Bonfim; Sávio e Vandinho. Técnico: Antônio Lopes.

devil fight 2

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: